sexta-feira, janeiro 17, 2014

MEUS POEMAS COMETIDOS


ENUMERAÇÃO

Se queres mesmo saber,
Sim, eu quero!
e te daria uma fatia do luar
se em troca teu silêncio me rendesse
com um rabisco do teu olhar.

Se queres mesmo cativar-me,
Vai, cativa-me!
mas não te esquives depois com teu discurso
se amamos o mesmíssimo efêmero
e nossa história seguirá o mesmo curso.

Se queres mesmo sentir,
Pois permita-te!
E vem beber da mesma poesia
Se tua pele quer um verso meu
pra salivar o erotismo do teu dia.

Mas se queres sair,
Pois que saias!
sem cimentar saudades na partida
se só querias combustar um sonho novo
nas incertezas de tua vida.

Nenhum comentário: